Atenção!!!

A opinião expressa em texto ou comentários reproduzidos neste blog, necessariamente não representa o ponto de vista do editor e ou responsável do mesmo.

22 de julho de 2014

Motociclista tem cabeça esmagada em acidente no Anel de Contorno



Um motociclista morreu após ser atropelado por um caminhão na tarde desta segunda-feira (21), por volta das 17h, no município de Feira de Santana.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima foi identificada como Matheus Alves Sá Teles, de 22 anos. O jovem seguia pela avenida Eduardo Frés da Mota (avenida de Contorno), quando se desequilibou e caiu da moto, tendo a cabeça esmagada pelo veículo.

Ele morreu no local e o caminhão que o atropelou não foi identificado. A vítima teve perda encefálica e o capacete ficou totalmente destruído.

A PRF acredita que o motorista do caminhão não teria visto o rapaz caído no chão. O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica.
Central de Polícia


21 de julho de 2014

PEGADINHA: Operação Limpeza (Cleaning Operation Prank)

Homem fica ferido após trocar tiros com PMs dentro de hotel em Feira



Um homem, de prenome André, foi detido por prepostos da Policia Militar, na manhã desta segunda-feira (21), em um dos quartos do Hotel Aracaju, localizado na Avenida Presidente Dutra, próximo a Estação Rodoviária de Feira de Santana.

De acordo com o major Michel Alexander Guimarães Müller de Azevedo, responsável pelo comando da 64ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), o suspeito já estava em fuga da Polícia. Ele portava uma mala, com dinheiro e uma arma e se abrigou em um dos quartos do hotel, antes da PM chegar ao local.

“Ele se mostrou bastante agressivo e não queria falar com os policiais. O fato de não saber o nome também dificultou no inicio”, disse o major, que informou que o homem se dizia natural de Salvador e provavelmente estava sob efeito de drogas.

Sem sucesso nas tratativas, a Polícia utilizou uma granada de luz e som, para invadir o quarto. “Fomos surpreendidos com uma reação violenta e os policiais reagiram dentro da técnica”, comentou o major Müller. Após o confronto, em revista, foi encontrada na mala, notas de dinheiro, em sua maioria de R$ 2 e R$ 5. “Normalmente nos indica que houve comercialização de drogas. É comum o grande volume dessas cédulas”, registrou o PM.

André foi socorrido ao Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA).

Acidente de moto na BA-130, trecho que liga Mairi a Várzea da Roça




Na noite deste sábado, 19 de julho de 2014, por volta das 19h, dois jovens de Baixa Grande de nomes ainda não identificados sofreram um acidente de moto na BA-130, trecho que liga Mairi a Várzea da Roça.
No acidente, os dois rapazes sofreram ferimentos. O condutor que sofreu escoriações e estava sentindo dores, foi socorrido pela equipe do SAMU-192 e encaminhado para o hospital de Mairi. O rapaz que estava na garupa da moto, ficou no local.


O acidente aconteceu próximo a Mairi. A Polícia Militar de Mairi esteve local registrando o Boletim de Ocorrência.

AGMAR RIOS

GUARDA MUNICIPAL E PM RECAPTURAM FUGITIVO DA CADEIA DE PIRITIBA




21/07/14- Na noite desta sexta-feira, 18 de julho de 2014, dois elementos conseguiram fugir do complexo Policial de Piritiba. A Guarda Municipal chegou para assumir o serviço, se deparou com um barulho na carceragem e acionou reforço. Três presos conseguiram serrar a grade utilizando uma serra e fugiram.
A Guarda Municipal de Piritiba juntamente com a Polícia Militar ainda conseguiram capturar Silvano S. Santos que ainda estava na laje da delegacia. Os elementos Marciel de Jesus Silva e Jose Carlos L. Barbosa, conseguiram fugir.



Qualquer informação sobre esses fugitivos pode manter contato através dos celulares: (74) 9994-6566 ou (74) 9995-1173. Confira abaixo as fotos do da carceragem por onde os elementos conseguiram fugir, serrando as grades utilizando uma serra


Fonte: FEBAGUAM
abahiaacontece

Vigilante é morto a tiros na porta do trabalho



O vigilante Ivanildo Souza, 31 anos, foi executado com vários tiros por volta das 8h desta segunda-feira (21) quando chegava para trabalhar em uma fábrica localizada no Centro Industrial do Subaé (CIS), em Feira de Santana.

Segundo informações, a vítima chegou em sua motoneta Shineray e foi surpreendido pelos matadores quando se preparava para abrir o portão da antiga fábrica Plascalp. O crime foi cometido por dois homens que estavam em um veículo Celta, preto, de placa ignorada.

Ivanildo foi atingido por tiros na cabeça e morreu no local onde prestava serviço de segurança. Ele morava na localidade do Ouro Verde, limite de Feira com São Gonçalo dos Campos.

Uma equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) esteve no local e o delegado João Rodrigo Uzzum presidiu o levantamento cadavérico.

 informações de Denivaldo Costa.

20 de julho de 2014

Vem com a Firma” de Mc Rodrigo, falando que iria meter bala nas polícias, tanto civil quanto PM e acabou se estrepando.Fonte:papodepm.com

Polícia apreende drogas, celular e dinheiro em residência de traficante

 

O criminoso foi encaminhado para complexo prisional de Juazeiro
A polícia conseguiu apreender na residência do traficante identificado como Whalewsky Wandenkolk Rodrigues, de 22 anos, quase dois quilos de maconha, pronta para o consumo, além de um celular e dinheiro. De acordo com a polícia, a droga estava escondida em várias partes da casa
 A apreensão foi feita no município de Juazeiro, 502 km de Salvador, no bairro Piranga, por policiais da 17º Coorpin (Coordenadoria Regional de Polícia do Interior).

Rodrigues foi encaminhado ao Complexo Prisional de Juazeiro, onde já se encontram Lindoval de Souza Macedo, o “Galego”, 38 anos, e sua companheira Cícera Araújo da Silva, 20, flagrados com 634 gramas de cocaína e R$ 142, oriundos do tráfico. O casal foi surpreendido num imóvel, no bairro Alto da Aliança, semana passada.







Jovem é assassinado com nove tiros no bairro da Mata Escura




Jovem já foi preso por tráfico de drogas e porte ilegal de arma
Um jovem de 19 anos morreu na tarde deste domingo (20), após ser assassinado com noves tiros no bairro da Mata Escura, em Salvador.
Segundo informações da Centel (Central de Polícias),  Elderson Henrique Cerqueira Figueiredo, foi perseguido por 10 homens não identificados, baleado e morto na rua Dez de Dezembro na Mata Escura.

Ainda de acordo com a polícia, o crime teria relação com uma troca de tiros entre traficantes rivais.  Elderson já foi preso por tráfico de drogas e porte ilegal de arma. A polícia investiga o crime.

F.r7

Após onda de ataques, delegada titular de Amargosa é exonerada

 Delegacia foi incendiada em Amargosa (Foto: Reprodução/TV Bahia)
 Delegacia foi incendiada em Amargosa (Foto: Reprodução/TV Bahia)

Segundo coordenador, ato foi para 'preservar delegada e instituição'.

 A delegada titular da Delegacia do Município de Amargosa, na Bahia, Glória Isabel Santos Ramos, foi exonerada do cargo de acordo com publicação do Diário Oficial da Bahia deste sábado (19). O anúncio foi feito três dias após a revolta que ocorreu na noite da última quarta-feira (16) por causa da morte de um bebê.

Segundo a publicação, o lugar de Glória Isabel será ocupado pelo delegado Adilson Bezerra de Freitas, que estava na cidade de Castro Alves, recôncavo baiano. O coordenador do Departamento de Polícia do Interior (Depin), Moisés Damasceno, informou ao G1 que a decisão foi motivada para "preservar a delegada e a instituição". Ainda não foi definido o novo local de trabalho da ex-delegada de Amargosa.

Nove dos 14 presos libertados em Amargosa durante a revolta foram recapturados. O tenente-coronel Luziel Andrade, do 14º Batalhão de Polícia Militar, informou neste sábado que 10 armas também já foram recuperadas pela polícia. Trinta motos, 18 carros e um ônibus foram incendiados durante a ação de um grupo de moradores.

O tenente-coronel afirma também que a Tropa de Choque deslocada para fazer o apoio no patrulhamento no município retornou para Salvador. Atualmente, a cidade conta com o apoio de três guarnições da Companhia de Ações Especializada do Litoral (Cael), cada uma com 15 homens, mais o efetivo de 16 policiais de Amargosa e da região.

O policial civil suspeito de atirar e matar a criança prestou depoimento na Corregedoria da Polícia Civil, em Salvador, na quinta-feira (17). Ele nega ter atirado na criança e a Polícia Civil informa que só a perícia vai poder constatar a origem do disparo. O policial militar que estava com ele durante a ação também foi ouvido pela delegada Andreia Cardoso. Os dois foram liberados após prestarem depoimento.

Rotina

A delegacia da cidade, destruída durante a revolta e que corre o risco de desabar, começou a ser reconstruída. De acordo com a assessoria da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), órgão responsável pelas obras, no momento está sendo feita a retirada dos entulhos. Não há uma data definida para a entrega das obras.

Após o caos, os moradores de Amargosa estão retomando as atividades normalmente. O comércio, que chegou a fechar as portas, reabriu e as escolas voltaram a funcionar na sexta-feira (18).

Versões do crime

O policial civil suspeito do crime informou que perseguia um homicida foragido da Justiça. Ele relatou que, antes, recebeu um telefonema que denunciava a presença do traficante "Bolacha" no bairro Catiara. Segundo a Polícia Civil, a denúncia recebida informava que o traficante estava desmontando uma motocicleta furtada do Fórum da cidade. Ao se dirigir ao local, a equipe policial teria visto o traficante, de prenome Ricardo, acompanhado de dois homens. O policial informou que ele escondia uma arma sob a camisa e reagiu à abordagem atirando.

O policial afirmou que atirou duas vezes em direção ao suspeito em via pública, negando ter disparado dentro da casa da criança ou no quintal. Afirmou que o traficante entrou na casa e que uma mulher já saía de um dos cômodos com uma criança ferida nas mãos. O policial alega ainda que socorreu a criança.

A versão é contrária aos relatos dos familiares e dos moradores, que negaram ter tido troca de tiro, apontando a ocorrência de apenas três disparos. O pai da criança, Luis Carlos Silva, de 22 anos, disse que uma pessoa entrou na casa e um padeiro disse que essa pessoa era ele. Familiares confirmaram que os policiais prestaram socorro, mas depois de insistência. "Eles só deram socorro e levaram minha filha para o hospital porque a população chegou em cima", disse o pai.

Sofrimento da família

Muito abalado e amparado por amigos, o comerciante Luis Carlos Silva, de 22 anos, chegou por volta das 15h para o velório da única filha, de apenas um ano e um mês.

A menina foi baleada na cabeça no momento em que estava no colo do pai, no sofá.

"Estava com minha filha no braço, vendo televisão, ela me dando beijo, quandos os dois policiais entraram e atiraram. Ela foi baleada no meu colo. Eles nem ligaram para dar socorro, mandaram eu ir para a desgraça", disse.


As informações são do G1 Bahia.
deolhonacidade
 

Acidente entre um táxi e duas motos deixa três mulheres feridas

 Cesár Corró/Via WhatsApp

Elas tiveram escoriações pelo corpo e foi socorrida para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), em uma ambulância do Samu.

 Três pessoas ficaram feridas após um acidente envolvendo três veículos, um táxi e duas motocicletas, na Rua J.J Seabra, centro de Feira de Santana. O acidente aconteceu por volta das 14h30 deste domingo (20) quando o táxi teria fechado uma das motos Honda Biz.

De acordo com o diretor de operações da Superintendência Municipal de Trânsito (SMT), César Corró, as vítimas foram identificadas como Juciara do Nascimento Cerqueira, 29 anos, Suzana Batista dos Santos, 35, e Andrea Batista dos Santos, 37, todas moradoras do bairro Pedra do descanso.


“Vinham duas motos pela Avenida Presidente Dutra quando a condutora de uma das motos foi fechada, segundo ela, por um táxi. Houve a colisão ao entrar na J.J Seabra e a passageira que estava na outra moto pulou do veículo para socorrer a irmã e também ficou ferida", informou Cesár Corró.

Elas tiveram escoriações pelo corpo e foram socorridas para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), em uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Acidente entre um táxi e duas motos deixa três mulheres feridas






F.acordacidade.com

Equipe do Fantástico é ameaçada e assaltada durante investigação Eduardo Faustini e Luiz Cláudio Azevedo investigavam esquema de laranjas que movimenta R$ 30 milhões em Anapurus e Mata Roma, no Maranhão.


 Equipe do Fantástico é ameaçada e assaltada durante investigação (Reprodução)

 No início da tarde da quinta-feira (17), no interior do Maranhão, os repórteres Eduardo Faustini e Luiz Cláudio Azevedo investigavam denúncias de desvio de dinheiro público em duas cidades: Anapurus e Mata Roma, que ficam a cerca de três horas e meia de carro da capital, São Luís.

A equipe parou para almoçar em uma churrascaria, na estrada que liga os dois municípios. Depois do almoço, já no carro, os repórteres foram surpreendidos por um outro carro, que saiu da estrada e bloqueou a equipe. Três homens saltaram e apareceram mais quatro a pé.

O bando cercou os repórteres. Dois bandidos entraram no banco de trás. Os repórteres explicaram que são jornalistas da TV Globo e estavam trabalhando em uma reportagem para o Fantástico e saíram do carro, para evitar o que parecia um sequestro. Foi quando um dos homens tomou a câmera da equipe. Os ladrões fugiram em dois veículos, levando a câmera.

No início da noite, testemunhas já tinham identificado alguns dos envolvidos. “Eles são envolvidos com política. Trabalham na prefeitura. São lá de dentro”, afirmou uma delas.

Ainda na quinta-feira (18), a polícia identificou e prendeu o PM Raimundo Silva Monteles. Ele é sobrinho da prefeita de Anapurus, Tina Monteles.

“Ele confirmou que participou da ação. Diz que foi convidado para acompanhar dois ou três funcionários da prefeitura de Anapurus para se deslocar para determinado local”, afirma Zanoni Porto, comandante-geral da PM do Maranhão.

Durante todo o fim de semana, a polícia fez buscas nas cidades de Anapurus e Mata Roma, à procura dos suspeitos e do equipamento que foi roubado. As investigações continuam, e, pelas características do crime, a polícia acredita que não tenha sido somente um roubo, mas uma tentativa de interromper o trabalho dos jornalistas.

Em nota, a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão se diz preocupada com ações criminosas que buscam impedir a livre atuação da imprensa na investigação de fatos de interesse público. A associação pede a apuração no caso e punição dos autores, para que a liberdade de imprensa e o acesso dos cidadãos à informação sejam assegurados.

Também em nota, a Abraji, Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo, afirma que identificar e punir todos os responsáveis é indispensável, para que a impunidade não estimule a repetição de casos semelhantes. E o Instituto Internacional de Segurança da Imprensa, sediado em Londres pede que os agressores dos jornalistas sejam levados à Justiça.

A polícia pediu a prisão de mais três pessoas: o secretário de Finanças de Arapurus, Jairo Lisboa de Sousa; o ex-candidato a vereador Manoel Francisco Monteles Neto; e Agnaldo Henrique Alves.

Em nota, a Prefeitura de Anapurus lamenta o ocorrido e pede às autoridades que esclareçam as circunstâncias do caso.

“Com relação aos parentes, a cidade de Anapurus, quase todo mundo é parente de todo mundo. Com relação a isso não tem nenhum problema. Com relação a servidores do município envolvidos, serão responsabilizados”, diz Márcio Wendles, advogado da prefeita de Anapurus-MA.

“Quando você atenta contra uma equipe de jornalistas, você tá atentando realmente à democracia e vamos ser duros”, destaca Marcos Afonso, secretário de Segurança do Maranhão.

A denúncia sobre um esquema de laranjas que movimenta R$ 30 milhões, dinheiro público, em cidades pobres do interior do Maranhão foi o que levou os jornalistas da TV Globo a serem ameaçados e assaltados. São contratos municipais nas mãos de empresas suspeitas, muitas delas não têm sede, e nem capacidade de prestar o serviço. Mais uma vez, quem paga a conta é o cidadão comum. E o sofrimento começa na mais básica das necessidades.

“Quando eu acordo de manhã, venho para essa ponta de mato aqui fazer necessidade, xixi. Tudo pra cá”, conta a lavradora Maria Santana.

A vizinha dela teve mais sorte, aparentemente. Dona Maria mostra o banheiro construído pela Prefeitura há menos de dois anos. A pia é de plástico. “Um parafuso aqui, outro aqui. Isso aqui, qualquer coisinha quebra tudo. Nada presta aqui”, ela diz.

Mata Roma e Anapurus são cidades pequenas, cada uma com pouco menos de 16 mil habitantes. Moradores da Zona Rural sofrem com a falta de saneamento básico.

A lavradora Cristiane Teixeira nunca usou um banheiro. “Tenho 21 anos, nasci aqui e nunca usei. Nunca tomei banho de banheiro”.

Dorival Mendes Nascimento, lavrador, mora há 40 anos na região e nunca teve água em um chuveiro: “Tem que tirar água do meu poço, e agora chegou esse poço”.

Mas, para os moradores, o poço ainda não chegou de vez. “Eles apareceram para fazer esse poço, final de maio, agora de 2014. Só fizeram furar”, diz Cristiane Teixeira dos Santos, lavradora.

Nos dois municípios, essas obras são feitas com dinheiro público. Empresas negociaram nas duas cidades contratos que, somados, chegam a R$ 30 milhões.

Em Mata Roma, a construtora Santa Margarida recebeu, só em 2012, mais de R$ 2,2 milhões para abastecimento e saneamento. A proprietária é Rejânia Maria Pinheiro dos Santos. Ela se recusou a falar com o Fantástico.

Em uma rede social, Rejânia aparece em uma foto abraçando José Ári, irmão de criação dela. No papel, José Ári é dono de outra construtora, a São Lourenço, que presta serviço ao mesmo município. Também no papel, a São Lourenço é capaz de fazer perfuração e construção de poços de água.

Mas veja o que José Ári responde quando o repórter Eduardo Faustini pergunta pela empresa.

José Ári: Que empresa?
Faustini: A sua empresa, que você presta serviço.
José: Eu?
Faustini: É.
José: Eu não. Não é eu, não.
Faustini: Você não tem empresa?
José: Não.

Em seguida, ele dá outra explicação: “Eu saí há uns três meses”.

Técnicos da Controladoria-Geral da União fiscalizaram as obras feitas com dinheiro público no município. Segundo o relatório da CGU, a construtora São Lourenço, de José Ári, não está apta a executar obras ou serviço de engenharia.

Outro esquema é no aluguel de veículos para a mesma prefeitura. Segundo a CGU, as locadoras Matarromense e Abiviagens receberam, em apenas um ano, R$ 537 mil pelo serviço de transporte escolar.

No papel, Valdecy Garreto Silva é o dono da Matarromense, uma das maiores locadoras da região. A empresa também tem contratos em Anapurus.

Faustini: O senhor é o único dono dessa empresa?
Valdecy: Não, é um irmão meu que... Eu tenho um irmão meu. É só no meu nome, ela, mas ele que resolve tudo aí.
Faustini: Quanto o senhor ganha nessa empresa?
Valdecy: Eu não sei nada.

Josivan, irmão de Valdecy, foi vereador em Mata Roma e tem mais empresas de locação de veículos. Na rua que consta como endereço no registro da Matarromense, não existe empresa nenhuma, e nem casa com a numeração fornecida à junta comercial. Josivan não foi encontrado pelo Fantástico.

A outra locadora que atende à Prefeitura de Mata Roma se chama Abiviagens. Segundo a CGU, os pagamentos à empresa, de R$ 537 mil, não poderiam ter sido feitos devido a várias irregularidades. Na sede da Abiviagens, encontramos Elânia Araújo de Almeida. Ela é funcionária da Prefeitura de Mata Roma desde 2006. Mesmo assim, foi sócia do marido, Abimael Reis, quando a Abiviagens já tinha conseguido o contrato municipal.

Faustini: Você é sócia da empresa.
Elânia: Não.
Faustini: No contrato, você não está?
Elânia: Não, eu saí.
Faustini: Você passou as suas cotas pra quem?
Elânia: Foi... É outra pessoa. Parece que a filha dele.

Procurado pelo Fantástico, Abimael Reis não quis falar.

São muitos os laranjas nessa história. Mas encontramos ainda mais irregularidades.

Em Anapurus, onde a população se queixa da falta de saneamento básico, o mestre de obras que fiscaliza a construção dos banheiros diz que recebe o salário em dinheiro vivo, diretamente das mãos do secretário de Infraestrutura, Júlio Neto. “Eu recebo pelo Júlio Neto. É dinheiro “em peça” mesmo. O patrão passa o dinheiro pra mim, pago meus trabalhadores. E é assim”, ele conta.

O secretário de Infraestrutura de Anaparus – MA, Júlio Neto, nega a irregularidade nos pagamentos: “Ele recebe da construtora, viu? Agora, eu vou fiscalizar. Eu tenho que fazer a minha parte como secretário”.

Ainda em Anapurus, a empresa Premier tem R$ 3 milhões em contratos para construção e manutenção de estradas e ruas. No papel, o dono é Javé Ferreira da Costa Lima. Só que ele é operário concursado da empresa de águas do estado.

Faustini: Só um minuto. Eu quero falar sobre a sua empresa. Por que você não pode falar?
Javé: Não quero falar.
Faustini: Só um instante.
Javé: Dá licença!
Faustini: eu preciso falar contigo
Javé: Não tenho nada para falar
Faustini: Eu quero falar sobre a sua empresa que presta serviço para a Prefeitura de Mata Roma.

Procurada pelo Fantástico, a prefeita de Mata Roma, Carmen Neto, não foi encontrada nem retornou recado que nossa equipe deixou na Câmara de Vereadores.

Já o advogado da prefeita Tina Monteles, de Anapurus, diz que ela não cometeu irregularidades: “Nós temos todos os processos licitatórios na maior transparência. Todas as obras estão lá”, afirma.

http://g1.globo.com/fantastico

Três armas de fogo apreendidas na área da 67ª CIPM

 


Três armas de fogo foram apreendidas neste sábado (19) por policiais militares lotados na 67ª Companhia Independente (CIPM) de Feira de Santana.

A primeira apreensão aconteceu durante a Operação Pacto Pela Vida, quando uma equipe flagrou o jovem George Santos da Silva, também conhecido como "Maguila", portando um revólver calibre 38, municiado com seis cartuchos intactos. Segundo a polícia, Maguila, que já tem outras passagens pela delegacia, foi apresentado na central de flagrantes do Complexo Policial do Sobradinho.
No bairro Sítio Matias, um adolescente de 17 anos de idade, foi abordado e  com ele, os policiais encontraram um revólver calibre 32. A guarnição Agreste da 67ª CIPM encaminhou o jovem para a Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI).

Na terceira apreensão, uma patrulha policial foi checar a informação sobre uma confusão que estava ocorrendo durante uma festa de largo, que aconteceu no conjunto Viveiros.
Durante a averiguação, um dos policiais identificou um homem que estava com uma arma de fogo na cintura. Ele tentou correr, mais foi alcançado.
Vandré dos Reis Souza, o "Del", de 24 anos, estava portando um revólver calibre 32, e foi encaminhado para o Complexo de Delegacias do Sobradinho.

Segundo o blog Fato Concreto, até ontem (19), 50 armas de fogo foram apreendidas por equipes policiais da 67ª CIPM.


 Dupla foge da PM e abandona 25 quilos de maconha

A Polícia Militar conseguiu apreender 25 quilos de maconha prensada, na tarde deste sábado (19) em Feira de Santana.

Segundo informações, uma equipe da 67ª Companhia Independente (CIPM) fazia ronda pelas ruas do bairro Pedra do Descanso, quando avistou dois suspeitos em uma motocicleta, de cor preta e placa não anotada.
Ao perceberem a presença da polícia, os homens fugiram, mas o carona deixou cair uma caixa de papelão, contendo tabletes da droga.

Os policiais recolheram o entorpecente e o encaminhou para a Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE). Os suspeitos conseguiram fugir.



, com informações e fotos do Fato Concreto.

17 de julho de 2014

Polícia desarticula quadrilha de tráfico de drogas e roubos de veículos Os acusados foram autuados em flagrante e encaminhados ao presídio regional.


Aldo Matos/Acorda Cidade
Após uma série de denúncias, policiais da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Feira de Santana desarticularam, na noite de ontem (16), uma quadrilha acusada de tráfico de drogas e roubos de veículos na área do conjunto Feira X, em Feira de Santana. Foram presos Luciano Almeida Andrade, 20 anos, Marcela Dias Mota, 19, Orotilde Bonifácio de Brito Neto, 25, e Rafael Silva Santos, 18. A Polícia Civil apreendeu ainda um adolescente de 16 anos, que estava com o grupo.

De acordo com o delegado André Ribeiro, que comandou a operação, a polícia apreendeu 2kg de maconha,  um revólver calibre 38, 9 munições, 200g de cocaína, uma balança de precisão, além de dois veículos, um Gol vermelho roubado e um Ford Ka branco, ambos utilizados nas ações criminosas.

“Obtivemos a informação que esses veículos estavam circulando ontem à noite na região e já tinham praticado assaltos. As equipes se dirigiram até o local e conseguimos abordar o veículo Ford Ka branco, onde estavam três elementos: dois maiores e um menor. Dentro do veículo, nós achamos grande quantidade de maconha. Outras equipes conseguiram localizar o gol vermelho dentro de uma residência”, informou o delegado ao Acorda Cidade.

Ainda de acordo com ele, os acusados foram autuados em flagrante e encaminhados ao presídio regional. O adolescente ficará à disposição da Justiça, para que se adotem as medidas cabíveis.
As informações são do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade.

Polícia registra homicídio no bairro São João



Peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) procederam no final da manhã desta quinta-feira (7), com o levantamento cadavérico de Roberto da Silva Mascarenhas, 25 anos, que residia na rua B, casa 18, conjunto Feira V, em Feira de Santana.


O jovem foi morto a tiros no bairro São João, também conhecido como Campo do Gado Velho, situado na rua Bauru, conforme ocorrência.

De acordo com testemunhas, a vítima em uma esquina quando foi abordado por dois suspeitos de moto, demais dados ignorados.

O responsável pelos disparos foi o carona. Após o levantamento cadavérico, o corpo foi encaminhado para o necrotério.

A vítima era ex- presidiário e havia deixado à unidade prisional no ano de 2011, conforme citações de parentes aos policiais civis.

A delegada Ana Cristina Carvalho titular da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), colheu depoimentos de alguns populares.

F. Central de Polícia, com Sotero Filho e fotos de Marcos Valentim (Boca de Zero Nove).